Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
26/04/24 às 11h48 - Atualizado em 26/04/24 às 11h59

👨‍🚒👨‍🏫 Moradores do Varjão passam por capacitação para voluntários da Defesa Civil

 

Vinculada à Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF), a Subsecretaria do Sistema de Defesa Civil (Sudec) deu início a mais uma fase de capacitação de voluntários para atuarem junto ao órgão. Desta vez, o curso ocorreu no Varjão com 25 pessoas e foi dividido em duas etapas, na terça (23) e na quarta-feira (24). O objetivo é formar multiplicadores capazes de identificar as ameaças naturais, que saibam agir com eficiência em casos de desastres e consigam dar suporte em ações de prevenção nas comunidades em que estão inseridos.

 

 

Capacitação oferece aulas de noções básicas de defesa civil e é direcionada a lideranças comunitárias que vivem em áreas de risco, equipes de obras das administrações regionais e agentes de segurança privada | Foto: Divulgação/SSP-DF

Os voluntários também foram instruídos a lidar com situações que demandem o recebimento de doações de alimentos e materiais às famílias atingidas em caso de uma emergência. O curso é gratuito e direcionado a lideranças comunitárias que vivem em áreas de risco, a equipes de obras das administrações regionais e a agentes de segurança privada interessados em adquirir conhecimentos sobre defesa civil.

 

A capacitação já ocorreu na Estrutural, Pôr do Sol/Sol Nascente, Planaltina, Santa Maria, São Sebastião, Arniqueira, Riacho Fundo, Riacho Fundo II e Águas Claras. “Achei muito importante, porque traz uma capacitação e expertise para nós, cidadãos, atuarmos em situações de desastre e vulnerabilidade”, disse Manuel Messias, um dos participantes do curso no Varjão.

 

 

“O programa que direciona nossas políticas, o DF Mais Seguro – Segurança Integral, tem como princípio a participação de diferentes órgãos, além da segurança pública e da sociedade civil. É muito importante preparar pessoas da comunidade para atuar, pois são elas quem mais conhecem a realidade de sua cidade e poderão ser o elo entre a Defesa Civil e os moradores”, explica o secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar. “Essa proximidade com a população tem se dado de diferentes formas, seja por meio de ações específicas, seja pelos conselhos comunitários de segurança”, completa.

 

“É um treinamento muito importante para a comunidade, pois saber identificar as ameaças naturais e agir com rapidez em casos de desastres certamente irá evitar grandes tragédias”, diz o administrador do Varjão, Daniel Crepaldi.

 

Com 10 horas/aula, divididas em duas noites, o curso foi ministrado por agentes da Defesa Civil. “O principal ponto foi ensiná-los a atuar de forma preventiva para mitigar riscos. Além disso, eles poderão atuar como agentes multiplicadores”, explica a gerente de Capacitação da Defesa Civil, Benedita Santos.

 

As próximas edições da capacitação serão realizadas em maio em Ceilândia (7 e 8), Paranoá (14 e 15) e Taguatinga (21 e 22). Para participar, basta procurar a administração regional das cidades. Serão disponibilizadas 30 vagas em cada turma. Mais informações com a Defesa Civil, pelo telefone 3441-8255.

Governo do Distrito Federal