Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
9/07/24 Ă s 13h49 - Atualizado em 9/07/24 Ă s 13h52

đŸ‘©đŸ»â€đŸš’đŸ”„đŸ§ŻBombeiros do DF completam duas semanas de combate aos incĂȘndios florestais no Pantanal

 

Por AgĂȘncia BrasĂ­lia

 

As equipes do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) seguem empenhadas no combate aos incĂȘndios florestais que assolam CorumbĂĄ (MS), cidade conhecida como o berço do Pantanal sul-mato-grossense. Neste momento, todo o contingente de militares enviado pelo Governo do Distrito Federal (GDF) na missĂŁo solidĂĄria ao estado atua para controlar o avanço das chamas.

 

Agentes dos bombeiros reforçam o combate às chamas no Pantanal: solidariedade para enfrentar uma tragédia no meio ambiente

 

A cidade sofre hĂĄ pelo menos 90 dias com os impactos das queimadas. Nesta segunda-feira (8), o aumento da umidade relativa do ar e a queda na temperatura contribuĂ­ram para afastar os focos de incĂȘndio e a fumaça que encobria o municĂ­pio.

 

Antes, no sĂĄbado (6), o trabalho dos combatentes do CBMDF ajudou a mitigar os danos causados pelo avanço das chamas. O combate aos focos de incĂȘndio começou pela manhĂŁ e prosseguiu noite adentro, com a utilização de mochilas costais e sopradores.

 

Na ocasiĂŁo, tambĂ©m foram utilizados kits pick-up da Força Nacional, contendo aparatos essenciais para a atividade: tanque d’água, equipamentos de proteção individual (EPIs), mangueiras de alta pressĂŁo, extintores de incĂȘndio e outros.

 

IncĂȘndio jĂĄ consumiu mais de 600 mil hectares do bioma, sĂł este ano

 

AlĂ©m de trabalhar diretamente no combate aos focos de incĂȘndio, o CBMDF tambĂ©m direciona militares para atuarem no envio de suprimentos e materiais para as bases estratĂ©gicas e no manejo de guarniçÔes para outros locais com incidĂȘncias de fogo.

 

MissĂŁo solidĂĄria

O comboio de bombeiros do DF partiu, em 26 de junho, do Batalhão Escola de Pronto Emprego (Bepe) da Força Nacional, localizado no Gama, com uma previsão de viagem de um dia e meio até a cidade sul-mato-grossense. A estimativa é que a equipe permaneça na região por 30 dias, com possibilidade de prorrogação por mais 90 dias, caso necessårio.

 

Para a missĂŁo, foram deslocadas 15 viaturas e um caminhĂŁo com materiais de apoio para a equipe. Do total de militares escalados, 30 sĂŁo servidores do CBMDF e possuem amplo domĂ­nio dos conhecimentos e tĂ©cnicas necessĂĄrias para combater incĂȘndios florestais de grandes proporçÔes.

 

A mobilização de socorro ao estado ocorre apĂłs o governo do Mato Grosso do Sul declarar, no Ășltimo mĂȘs, situação de emergĂȘncia em função do avanço das chamas no Pantanal, que jĂĄ consumiram mais de 600 mil hectares do bioma este ano.

Governo do Distrito Federal