Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
14/02/13 às 15h22 - Atualizado em 29/10/18 às 12h39

Veja as principais notícias desta quinta-feira, dia 14

Leia aqui o resumo das principais notícias

Adolescente de 15 anos, chefe do tráfico, é apreendido no momento em que vendia drogas

PMDF fazia ronda na região e viu quando menor passava maconha a um usuário

Um adolescente de 15 anos considerado chefe do tráfico de drogas em uma região de Ceilândia, região administrativa do DF, foi apreendido em flagrante no momento em que vendia drogas a um usuário na noite desta terça-feira (11).

Uma equipe da PMDF (Polícia Militar do DF) fazia ronda de rotina pela QNN 05, conjunto N, quando percebeu um veículo estacionado de forma suspeita na frente de uma das residências.

O adolescente foi encaminhado para a DCA (Delegacia da Criança e do Adolescente). Lá, os policiais descobriram que ele tem outras passagens e que é considerado um dos principais chefes do tráfico de drogas na região.

O usuário foi conduzido à 15ª DP (Ceilândia), assinou um termo circunstanciado e foi liberado. O adolescente vai responder pelo ato infracional análogo ao crime de tráfico de drogas e deverá cumprir medidas socioeducativas de até três anos.

*Fonte: R7

Balanço preliminar aponta redução de 60% nos acidentes de trânsito no DF

Pelo menos 232 motoristas foram autuados por dirigir alcoolizados

Um balanço preliminar aponta redução de 60% nas mortes no trânsito durante o feriado de carnaval. De sexta-feira (8/2) até a tarde desta quarta-feira (13/2), foram quatro mortes em três acidentes fatais.

Dois deles ocorreram em rodovias distritais e um em rodovia federal. A queda na quantidade de tragédias é atribuída a lei seca mais rigorosa e ao arrocho na fiscalização.

No feriadão, pelo menos 232 motoristas foram autuados por dirigir alcoolizados. Desses, 15 vão responder também pelo crime previsto no Código de Trânsito Brasileiro, pois estavam com concentração de álcool igual ou superior a 0,34 mg/l.

Também houve casos em que o condutor se recusou a fazer o teste, mas ainda assim acabou conduzido para a delegacia porque estava sem condições de dirigir.

*Fonte: Correio Braziliense

Em 2013 foram registradas 780 ocorrências, 238 a menos que no mesmo período do ano anterior

Balanço divulgado pela Secretaria de Segurança Pública nesta quarta-feira (13), aponta redução de 23,4% no índice de criminalidade no DF no período do carnaval. Em 2013, foram registradas 780 ocorrências, 238 casos a menos que no mesmo período do ano anterior. De acordo com o relatório, durante os quatro dias de folia, houve queda em praticamente todas as modalidades de crime. Não foi registrado nenhum caso de roubo com privação de liberdade, mais conhecido como sequestro relâmpago.

A quantidade de crimes contra o patrimônio diminuiu em 257 casos. Já as ocorrências de roubo em 2013 totalizaram 224, 65 a menos que no ano anterior. Os roubos a pedestres e a veículos tiveram redução mais acentuada e caíram, respectivamente, de 182 para 140 ocorrências e de 44 para 31 registros. O número de furtos diminuiu de 545 para 353 casos – queda de 35%.

O secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar, atribui o sucesso das operações ao planejamento operacional realizado previamente pela pasta, principlamente nas regiões que serviram de palco para as festas. Ao todo, três mil homens trabalharam nos pontos mais procurados pelos foliões, como o estacionamento do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, o Parque da Cidade e o Gran Folia, na Praça da República. “O resultado alcançado durante o Carnaval, com a queda de 25% na criminalidade geral é uma conquista para o governo do DF e para a população que passou o feriado com tranquilidade. Tanto em Ceilândia, quando no Plano Piloto os registros criminais cairam no período do Carnaval. A conquista é resultado do Plano Ação Pela Vida, idealizado pelo governador Agnelo Queiroz e acompanhado de perto por todos nós”, destacou Avelar.

*Fonte: Agência Brasília

Polícia flagra 201 motoristas embriagados durante carnaval no DF

Abordagens renderam 2,8 mil notificações, além da apreensão de 60 veículos

As 4,5 mil abordagens feitas pela Polícia Militar (PM) do Distrito Federal (DF) ao longo do feriado de carnaval resultaram em 2,8 mil notificações e na apreensão de 60 veículos, a maioria por problemas de documentação do automóvel ou do motorista. De acordo com a PM, 201 condutores foram flagrados com sintoma de embriaguez. Desses, 14 foram conduzidos a delegacias.

As abordagens ocorreram entre sexta-feira (8/2) e a madrugada desta quarta-feira (13/2), com a colaboração do Batalhão Rodoviário da PM. “Fizemos pente-fino mesmo”, disse à Agência Brasil o comandante do Batalhão de Trânsito (BPTran), tenente-coronel Anderson Moura.

“Estes números são bastante positivos porque mostram a eficiência dos cercos que fizemos nas imediações de onde o carnaval estava sendo festejado. Isso certamente ajudou a evitar acidentes”, informou o comandante. “Ainda estamos aguardando a consolidação dos dados oficiais, mas nossa expectativa é de considerável redução no número de mortos, que no [mesmo período do] ano passado foi dez”, acrescentou.

*Fonte: Correio Braziliense