Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/11/20 Ă s 19h30 - Atualizado em 11/11/20 Ă s 12h36

🚹🩉SSP/DF realiza curso de inteligĂȘncia para servidores de ĂłrgĂŁos locais e federais

Adriana Machado, da Ascom – SSP-DF

 

Pelo segundo ano consecutivo, a Secretaria de Segurança PĂșblica do Distrito Federal (SSP/DF) promove o Curso de InteligĂȘncia de Segurança PĂșblica (CISP). A integração entre agĂȘncias de inteligĂȘncia de Segurança PĂșblica local e federal marca mais uma vez a edição do curso, que teve inĂ­cio nesta segunda-feira (9), com cerimĂŽnia de lançamento ocorrida no auditĂłrio do Departamento de TrĂąnsito do DF (sede). Trinta e dois alunos estĂŁo inscritos no curso, que termina no final deste mĂȘs. As aulas serĂŁo ministradas na Escola de Governo do Distrito Federal (EGov).

 

Baseado em metodologia ativa de ensino, o curso busca proporcionar aos alunos das dezesseis instituiçÔes participantes, entre forças de segurança do Distrito Federal, GoiĂĄs e Tocantins, alĂ©m de outras convidadas do Sistema Brasileiro de InteligĂȘncia (Sisbin), um aprendizado teĂłrico e prĂĄtico, contextualizado com situaçÔes reais e cotidianas da atividade de inteligĂȘncia.

 

A capacitação faz parte da PolĂ­tica de Segurança PĂșblica do Distrito Federal, como afirma o secretĂĄrio de Segurança PĂșblica, delegado Anderson Torres. “A formação dos operadores das forças de segurança estĂĄ entre nossas principais metas. Desde o inĂ­cio desta gestĂŁo, a integração Ă© prioridade e isso deve ocorrer principalmente na ĂĄrea de inteligĂȘncia, pois sĂŁo elas que pautam nossas açÔes, que tem tido resultados positivos no Distrito Federal. As açÔes com base em informaçÔes de inteligĂȘncia sĂŁo fundamentais para estarmos Ă  frente de açÔes criminosas, para proteção do Estado e do cidadĂŁo”.

 

Vinte e trĂȘs especialistas de treze diferentes instituiçÔes, oriundos das forças de segurança do DF e Federal, alĂ©m de outras do Sisbin, serĂŁo instrutores no curso. “A integração de diferentes ĂłrgĂŁos, sejam alunos ou professores, Ă© extremante importante para difusĂŁo de informaçÔes. Essa troca de experiĂȘncias resulta na melhoria de processos, nĂŁo sĂł de ĂłrgĂŁos locais e federais, mas tambĂ©m de outros estados”, explica Torres.

 

O secretĂĄrio-executivo de Segurança PĂșblica, delegado JĂșlio Danilo, tambĂ©m falou da importĂąncia da inteligĂȘncia no enfrentamento Ă  criminalidade. “Avançarmos nessa questĂŁo Ă© de fundamental importĂąncia, principalmente para desenvolvermos a inteligĂȘncia para o enfrentamento da criminalidade como um todo. Antes pensĂĄvamos em inteligĂȘncia apenas com o envolvimento de ĂłrgĂŁos policiais, mas atualmente vemos como Ă© importante a integração com outras ĂĄreas. Um dado levantado pode ser fundamental para uma operação, para uma investigação ou pode atĂ© mesmo ser adotado como procedimento de proteção para uma instituição”.

 

O curso foi organizado pela Subsecretaria de InteligĂȘncia (SI) da SSP/DF e, de acordo com o subsecretĂĄrio de InteligĂȘncia, delegado George Couto, foi planejado atendendo a polĂ­tica de segurança pĂșblica do Distrito Federal. “A importĂąncia do curso se faz presente no momento em que aproximamos os ĂłrgĂŁos de inteligĂȘncia e a Secretaria de Segurança PĂșblica. Nossa missĂŁo, alĂ©m de integrar, Ă© oferecer um protocolo de padronização de atuação, de nivelamento de conhecimento entre as agĂȘncias. Estamos alinhados com a polĂ­tica de segurança, com as diretrizes estabelecidas e tambĂ©m levamos em consideração os resultados positivos obtidos por meio do serviço de inteligĂȘncia”.

 

O diretor-adjunto da AgĂȘncia Brasileira de InteligĂȘncia (ABIN), Frank MĂĄrcio de Oliveira, em aula inaugural, ministrou a palestra PolĂ­tica, EstratĂ©gica e Planos Nacionais de InteligĂȘncia, na qual tratou sobre o papel do Sistema Brasileiro de InteligĂȘncia, alĂ©m dos documentos que o normatizam. O representante da ABIN abordou a polĂ­tica nacional de inteligĂȘncia, vigente desde junho de 2016, e a estratĂ©gia nacional de inteligĂȘncia, elaborada em 2017.

 

O diretor-geral do Detran-DF, Zélio Maia, também participou da solenidade.

 

 

Edição: João Roberto