Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/11/20 às 18h56 - Atualizado em 27/11/20 às 23h10

🦉🚨Servidores de órgãos locais e federais concluem curso de inteligência

COMPARTILHAR

Nicole Vasconcelos, da Ascom – SSP/DF

 

 

Com objetivo de promover o alinhamento e a integração entre as instituições de inteligência em segurança pública, a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF) realizou, de 9 a 27 de novembro, a segunda edição do Curso de Inteligência de Segurança Pública – CISP 2020. A cerimônia de encerramento ocorreu nesta sexta-feira (27), no auditório da Polícia Civil do DF (PCDF), e contou com a participação do secretário Executivo da SSP/DF, delegado Júlio Danilo, e do secretário Executivo de Gestão Integrada da SSP/DF, delegado Alciomar Goersch.

 

A edição deste ano reuniu 32 alunos inscritos em aulas ministradas na Escola de Governo do Distrito Federal (EGov). A organização foi feita pela Subsecretaria de Inteligência (SI), da SSP/DF, que proporcionou aos alunos expertise em resolução de problemas, aulas expositivas, avaliação formativa e utilização de técnicas de ensino de simulação. Fundamentado na metodologia ativa, conhecida como Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP), o CISP 2020 apresentou aos participantes embasamento teórico e prático, contextualizado com situações reais e cotidianas da atividade de inteligência.

 

O secretário Executivo da SSP/DF, delegado Júlio Danilo, foi o paraninfo da turma e falou da importância do curso para a atividade policial. “Tenho a grata satisfação em ter, em minha vida profissional, passado por capacitações e cursos na área de inteligência. A inteligência enquanto ciência de produção do conhecimento é fundamental a todo negócio de nossas instituições. Inteligência não se confunde com investigação criminal. Produzir informação que seja útil e direcionada ao nosso negócio é primordial”.

 

Além dos servidores da SSP/DF, representantes de outras 15 instituições fizeram parte do corpo de discentes e docentes, promovendo uma integração, congregando as esferas estadual, distrital e federal. O curso contou com carga horária de 120 horas, divididas em cinco módulos. O seminário “Inteligência em Foco” também fez parte da programação. No dia 23 de novembro, foram ministradas sete palestras relacionadas a temas estratégicos de interesse na atividade de inteligência.

 

O corpo docente foi composto por representantes de instituições como a Agência Brasileira de Inteligência (Abin), a Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça (SENASP/MJSP), a Controladoria Geral da União (CGU), a Polícia Federal e forças de segurança locais.

 

Para o subsecretário de Inteligência (SI), da SSP/DF, delegado George Couto, essa capacitação atende aos preceitos da Política Distrital de Segurança Pública do Distrito Federal. “A subsecretaria de Inteligência atua como agência central do sistema que regula o controle de criminalidade da nossa capital federal. Nessa missão, de atuar como agência central, a capacitação em inteligência exerce um papel fundamental em especialização, integração e, principalmente, do fortalecimento do canal técnico por meio do estreitamento dos vínculos de confiança entre os operadores desta atividade”, explica Couto.

 

 

 

Edição: Camila Vidal

Foto: Felipe Oliveira