Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/09/19 às 17h26 - Atualizado em 23/09/19 às 16h03

?Resultado das eleições dos Consegs é publicado no DODF

COMPARTILHAR

Adriana Machado, da Ascom – SSP/DF

 

O Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), desta quarta-feira (19), publicou o resultado das treze chapas eleitas no processo eleitoral de escolha das diretorias que estarão à frente dos Conselhos Comunitários de Segurança nos próximos quatro anos. A posse ocorrerá na primeira quinzena de novembro, quando também entrarão em exercício.

 

Além destas, outras 22 chapas foram certificadas nesta semana. Elas não participaram da eleição por terem sido únicas em suas Regiões Administrativas.

 

A eleição nas treze regiões ocorreu no último sábado, das 13h às 17h. Antes do pleito, houve análise dos participantes, cadastramento de entidades votantes, capacitação e convocação de mesários, organização das mesas eleitoras e preparação para o dia de votação.

 

Para o assessor especial da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF), que atuou na organização do processo, o delegado João Guilherme Medeiros, todo o processo ocorreu de forma organizada. “Mais de quinhentas entidades foram habilitadas a votar, portanto houve uma participação bastante ativa da comunidade. O processo ocorreu sem incidentes e o resultado esperado foi atingido”.

 

Cerca de oitenta servidores da SSP/DF e das Administrações Regionais, que também cederam os locais para votação, trabalharam no dia do pleito. “Tivemos urnas, mesários e todo o cuidado para que o processo ocorresse de forma tranquila e transparente dada a importância dos Consegs, que são os canais entre a população e os órgãos que atuam direta ou indiretamente na Segurança Pública”, completou Medeiros.

 

As reuniões dos Consegs ocorrem mensalmente e qualquer cidadão pode participar com sua demanda, seja para apontar um problema ou contribuir com soluções.  “Os Consegs são a voz da comunidade e as demandas contribuem significativamente para resolução de problemas”, finalizou o João Guilherme.

 

Edição: Lanna Morais