Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/12/21 Ă s 12h32 - Atualizado em 3/12/21 Ă s 17h33

🚹 NĂșmero de homicĂ­dios segue em redução histĂłrica

JoĂŁo Roberto, da Ascom – SSP/DF

 

O conjunto de polĂ­ticas adotadas pela Secretaria de Segurança PĂșblica (SSP) dentro do programa DF Mais Seguro faz com que o Distrito Federal supere, no acumulado do ano, os recordes histĂłricos de 2019 e 2020, quando foi registrada a menor taxa de homicĂ­dios dos Ășltimos 39 e 41 anos, respectivamente. Balanço realizado pela secretaria mostra que, em novembro, o nĂșmero de vĂ­timas dos crimes violentos letais intencionais (CVLIs) – que englobam homicĂ­dios, latrocĂ­nios e lesĂ”es corporais seguidas de morte – foram os menores dos Ășltimos 22 anos no comparativo com esse mĂȘs: a redução foi de 37,5%, de 32 vĂ­timas em novembro de 2020 para 20 no mesmo mĂȘs deste ano.

37,5%Índice de redução do nĂșmero de vĂ­timas de crimes violentos, superando marcas histĂłricas

 

O nĂșmero de vĂ­timas de homicĂ­dio em novembro Ă© o menor desde 2000, quando foram registrados 39 casos, 20 a mais que no mĂȘs passado, com 19. No mesmo mĂȘs de 2021 foram 30 casos, o que representa queda de 36,6% em relação a novembro deste ano. Em trĂȘs meses consecutivos – setembro, outubro e novembro –, o DF tambĂ©m registrou os menores nĂșmeros de vĂ­timas de CVLIs dos Ășltimos 22 anos.

 

 

No acumulado do ano, janeiro a novembro, a redução desse Ă­ndice Ă© de 17,2%, de 378 para 313 vĂ­timas, o que representa 65 vidas poupadas no perĂ­odo. Em relação aos homicĂ­dios, a redução nos onze 11 deste ano Ă© de 16,7%, de 347 para 289 casos. “O alto percentual de resolução de crimes, o enfrentamento ao trĂĄfico de drogas e ao porte ilegal de armas, alĂ©m do tempo resposta do Corpo de Bombeiros no atendimento Ă s vĂ­timas vĂȘm sendo muito importantes nesse processo”, afirma o secretĂĄrio de Segurança PĂșblica, JĂșlio Danilo.

 

 

Redução histórica

“Com o retorno progressivo das atividades sociais, estamos ajustando nosso trabalho para melhorar ainda mais os nĂșmeros”JĂșlio Danilo, secretĂĄrio de Segurança PĂșblica

Ano passado, de acordo com o AnuĂĄrio Brasileiro de Segurança PĂșblica, produzido pelo FĂłrum Brasileiro de Segurança PĂșblica (FBSP), o DF teve a maior queda de homicĂ­dios em valores percentuais do paĂ­s: -13,4%, comparado com o ano anterior, 2019.

 

No primeiro trimestre deste ano, conforme o Monitor da ViolĂȘncia – FBSP, USP e Portal G1, o DF figurou como a unidade da Federação com a maior redução de CVLIs do Brasil. De acordo com o estudo, a redução chegou a 37%. Em setembro deste ano, segundo dados divulgados em 18 de outubro, o DF atingiu a menor taxa de homicĂ­dios do Brasil, com 0,60 casos por 100 mil habitantes, empatando com SĂŁo Paulo e Santa Catarina.

 

“Em 2020, tivemos a menor taxa de homicĂ­dios dos Ășltimos 41 anos e nos tornamos a unidade da Federação com maior percentual de redução desses casos no Brasil”, reforça o titular da SSP. “Com o retorno progressivo das atividades sociais, estamos ajustando nosso trabalho para melhorar ainda mais os nĂșmeros do ano passado; e, se a tendĂȘncia de queda se mantiver em dezembro, o DF caminha para o ano mais seguro de sua histĂłria em 42 anos, desde que os nĂșmeros de homicĂ­dios passaram a ser disponibilizados, em 1980.”

 

Crimes contra o patrimĂŽnio

Dos seis crimes contra o patrimĂŽnio (CCPs), monitorados de forma prioritĂĄria pela SSP, cinco marcaram queda nos primeiros 11 meses de 2021. O roubo em transporte coletivo tem a maior redução, de 34,4%, de 864 para 567 ocorrĂȘncias. No roubo a transeunte, houve 15,4% de redução.

 

Os roubos a residĂȘncia, de veĂ­culo e em comĂ©rcio caĂ­ram 2,1%, 6,6 e 0,6%, respectivamente. O furto em veĂ­culo registrou alta de 1% no perĂ­odo. A queda nesses crimes representa quase 3,2 mil roubos e furtos a menos no DF. SĂŁo crimes monitorados semanalmente pela SSP.

 

Mulher mais Segura

Lançado em março, o programa Mulher mais Segura reĂșne medidas, iniciativas e açÔes de enfrentamento aos crimes de gĂȘnero e fortalecimento de mecanismos de proteção a esse pĂșblico. O programa garante ainda maior sincronia entre as medidas e, consequentemente, mais eficiĂȘncia nas açÔes integradas que reĂșnem Diretoria de Monitoramento de Pessoas Protegidas (DMPP), aplicativo Viva Flor, Aliança Distrital – InstituiçÔes Religiosas no enfrentamento Ă  ViolĂȘncia DomĂ©stica e Familiar, Maria da Penha On-Line, Provid e delegacias especiais de atendimento Ă  mulher (Deams).

 

DF Mais Seguro

O programa reĂșne projetos e açÔes de segurança pĂșblica voltados Ă  prevenção e enfrentamento da criminalidade e atendimento Ă  população. A iniciativa pautarĂĄ a aplicação ainda mais adequada das polĂ­ticas de segurança atĂ© o fim de 2022.

 

Entre os projetos e açÔes empreendidos, estĂŁo a modernização e ampliação do videomonitoramento, a Cidade da Segurança PĂșblica, a Área de Segurança PrioritĂĄria, o Mulher Mais Segura, a melhoria no atendimento dos canais de emergĂȘncia, a operação Quinto Mandamento, o sistema de recompensas e a operação DF Livre de Carcaças.