gototop





FacebookTwitter
Quarta, 04 Outubro 2017

Forças de Segurança divulgam dados da produtividade do mês de setembro

  Igor Nogueira e Priscila Rodrigues
Forças de Segurança divulgam dados da produtividade do mês de setembro Foto: Andre Borges/Agência Brasília

Os números foram divulgados junto com o balanço da criminalidade do mês de setembro

 

Representantes das forças de segurança do Distrito Federal divulgaram nesta quarta-feira (4) números referentes a produtividade do mês de setembro. A apresentação ocorreu durante coletiva de imprensa realizada na Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social do DF (SSP/DF). 

De acordo com os dados, as ocorrências de tráfico de drogas registradas durante o mês mais que dobraram. Foram 251 casos contabilizados no mês passado, 127 a mais quando comparado ao mesmo período de 2016. Registros de uso e porte de drogas também tiveram variação positiva (56%). Os números são reflexo da atuação conjunta das instituições no combate à criminalidade, por meio do programa Viva Brasília – Nosso Pacto pela Vida.

Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF)

O CBMDF registrou 2,8 mil ações de combate a incêndio florestal no último mês. O número representa um aumento de 69% comparado ao mesmo período de 2016, quando ocorreram 1,6 mil ocorrências do tipo. Foram 6,6 mil hectares de área queimada somente durante setembro.

“Atendemos a um número maior de chamadas e área queimada foi menor. Isso mostra maior efetividade do trabalho da corporação. Também conseguimos um índice alto de reversão cardíaca, maior que de países desenvolvidos. A taxa desses países é de 25%. Conseguimos no último mês chegar à 27,5%”, comentou o comandante da corporação, Coronel Hamilton.

No total, 9,1 mil atividades operacionais foram realizadas pelos Bombeiros, 13% a mais que setembro de 2016. No número estão inclusos os atendimentos no trânsito (1,5 mil), atividades administrativas (873), atendimentos pré-hospitalares (2,7 mil), ocorrências de socorro, busca, salvamento e outras (725). Foram registradas também 440 ocorrências de combate a incêndio.

Departamento de Trânsito do Distrito Federal

Seguindo a tendência dos outros meses, em setembro houve uma redução de 45% no número de pessoas envolvidas em acidentes de trânsito fatais. Foram 17 mortes a menos que as registradas em setembro do ano passado. No acumulado de janeiro a agosto, também houve redução (36%). Nesse espaço de tempo 189 pessoas se envolveram em acidentes fatais, 107 mortes a menos em relação ao mesmo período de 2016.

O Detran realizou 159 operações de fiscalização no mês passado. 2,3 mil condutores foram autuados por alcoolemia e 140 pessoas foram presas por dirigirem embriagadas. Houve a remoção de 2,1 mil veículos ao depósito, 1,9 mil veículos liberados e 20,7 mil, vistoriados. Além disso, 378 motoristas tiveram a carteira de habilitação suspensa ou cassada. Quanto à sinalização, 543 placas foram recuperadas, implantadas e substituídas em setembro.

As ações educativas do órgão, realizadas pela Escola Pública de Trânsito, atenderam quase duas mil pessoa. O diretor destacou também a criação dos bolsões para motos criadas no Eixo Monumental. “Quero destacar também os bolsões criados pela engenharia de trânsito do Departamento para melhorar o trânsito e dar maior segurança aos motociclistas que passam pelo local”.  

Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF)

Em Setembro a PMDF realizou mais de 1,9 mil notificações por alcoolemia. No geral, foram 34,5 mil autuações de trânsito. No acumulado do ano, as notificações chegam a 251 mil, sendo 13,8 mil por alcoolemia. A corporação também está focando na apreensão de armas de fogo. Somente entre janeiro e setembro deste ano, mais de 1,8 mil armas foram apreendidas, 6% a mais que no mesmo período de 2016.

Para o Comandante da PMDF, Marco Antônio Nunes, a retirada desse tipo de arma das ruas reflete nos bons números que a SSP/DF vem registrando. “Um  dos destaques é a apreensãos de armas. Somente em setembro tiramos das 165 das ruas. Esse é um dos focos da PMDF, pois 70% dos homicídios são cometidos com uso de arma de fogo, isso certamente influi na redução de homicídios no DF”.

Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF)

O número de adultos presos pela PCDF em flagrante aumentou 14,2% em setembro. Foram efetuadas 1.096 prisões em flagrante. No mesmo mês de 2016, foram 960. O número de adultos presos por mandado de prisão também subiu. Foram 765 prisões no mês passado, 37,1% a mais do que o registrado no mesmo período do ano anterior, quando 558 pessoas foram presas por meio de mandado.

Durante todo o mês, a instituição realizou várias operações que identificaram organizações criminosas que atuavam no DF e em outras Unidades da Federação. A ‘Operação Patrick’ desarticulou um grupo criminoso que movimentou R$ 250 milhões em moeda virtual, já a ‘Operação Império’, identificou e prendeu integrantes de uma quadrilha voltada para o tráfico interestadual de pessoas com finalidade de exploração sexual. A grilagem de terras e invasão de áreas nobres também foram alvo das operações ‘Sacerdote’ e ‘Terra Fria’ em setembro.

“As operações refletem a preocupação da PCDF em atuar não apenas prendendo, mas desarticulando organizações criminosas”, disse o diretor da instituição, Eric Seba.

No mês de setembro, o número de menores apreendidos por mandado de busca e apreensão aumentou. Foram 148 registros, um crescimento de 43,7% na comparação com o mesmo mês do ano passado, quando ocorreram 103 apreensões. Houve redução na quantidade de menores apreendidos em flagrante durante o mês passado. Foram 632 menores apreendidos, 5,8% a menos comparado ao mesmo período do ano passado que registrou 671 apreensões em flagrantes.

VOCÊ ESTÁ AQUI: Início Notícias Forças de Segurança divulgam dados da produtividade do mês de setembro