Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/03/20 às 15h33 - Atualizado em 3/03/20 às 15h33

🚨Dema deflagra Operação Dubai

COMPARTILHAR

Divisão de Comunicação, da PCDF

 

Nesta terça-feira (3), a Polícia Civil do DF (PCDF), por intermédio da Delegacia Especial de Combate à Ocupação Irregular do Solo e aos Crimes Contra a Ordem Urbanística e o Meio Ambiente (Dema), deflagrou a Operação Dubai. A ação teve o objetivo de cumprir 11 mandados de prisão temporária e de busca e apreensão
e combater uma associação criminosa especializada no parcelamento irregular do solo na região da Ponte Alta, Gama.

O grupo iniciou a venda dos lotes de um condomínio no início do ano de 2019. Quarenta lotes foram vendidos, pela média de R$ 100 mil, o que gerou um lucro ilícito de aproximadamente R$ 4 milhões. Parte dos valores era recebido, por meio de automóveis e quantias depositadas em contas correntes de empresas inativas, no nítido intuito de conferir uma aparência lícita às quantias irregulares obtidas.

As investigações mostraram que o grupo fabricava cessões de direitos falsas, em nome de laranjas, em cartórios de cidades do entorno. Os investigados vão
responder pelos crimes de organização criminosa, parcelamento irregular do solo para fins urbanos, falsificação de documentos e lavagem de dinheiro. Até o momento, um dos corretores de imóveis mais conhecidos da Ponte Alta do Gama foi preso.

As pessoas que compraram os lotes também foram indiciadas pelo parcelamento, já que se uniram em uma associação de moradores para implantação da infraestrutura, realizando atos de parcelamento irregular.